Tecnologia 976

Published in Tecnologia Junho 16 2018

O AV-TEST liberou a lista dos melhores softwares antivírus de 2018 até o momento. No caso, são softwares voltados ao sistema operacional atual da Microsoft, o Windows 10.

Vale notar que, caso você use o Windows, o seu computador já possui o Defender — e ele não ficou de fora da lista

O AV-TEST se baseia em três pilares para avaliar os softwares: proteção, desempenho e usabilidade. Ou seja, pontos que elencam a quantidade de malwares e trojans que o software pode bloquear, o peso que ele oferece ao sistema operacional e como ele roda, a funcionalidade e acessibilidade.

Segundo ao pesquisa, o software campeão é o V3 Internet Security, da Ahalab, que cravou 18 pontos. Ao lado dele, também se encontra o Avira Antivirus Pro, com a mesma pontuação.

Abaixo, você acompanha a lista completa.

Ranking

RankingRanking

 

Fonte: TecMundo 

Published in Tecnologia Junho 16 2018

Mais um para uma longa conta: cientistas indianos descobriram um novo exoplaneta — aqueles que giram em torno de outro astro que não o Sol. Ele possui uma massa aproximadamente 27 vezes maior que a Terra, e orbita uma estrela semelhante ao Sol, a cerca de 600 anos-luz daqui. Mas ele está bem mais próximo de sua estrela que nós da nossa. E isso faz o ano por lá durar apenas 19,5 dias.

O nome do planeta é EPIC 211945201b, ou K2-236b. A proximidade com sua estrela hospedeira faz com que a temperatura da superfície seja de aproximadamente 600 graus Celsius — muito quente e seco para suportar as formas de vida que conhecemos. Veja no esquema a seguir:

Descoberto exoplaneta onde o ano dura 19,5 dias: –

© Reprodução –

A descoberta coloca a Índia no seleto grupo de países que confirmaram a existência de um planeta fora do nosso Sistema Solar. Na verdade, esse planeta já havia sido visto pelo telescópio espacial Kepler, da Nasa, mas foram os indianos que confirmaram sua categoria de planeta — não outro astro qualquer.

Para atestar isso, estudiosos do Laboratório de Pesquisa Física, em Ahmedabad, liderados por Abhijit Chakraborty, passaram cerca de um ano investigando. Eles estudaram as mudanças de luz que surgiam da estrela hospedeira do planeta e conseguiram realizar uma confirmação independente de sua massa, o que é essencial para a classificação como planeta.

“Nós relatamos aqui fortes evidências de um sub-Saturno [referência a um planeta gasoso semelhante a Saturno, mas um pouco menor] em torno do EPIC 211945201 e confirmamos sua natureza planetária”, explicou a equipe no Astronomical Journal da American Astronomical Society.

A Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO) há tempos vem dando grandes passos astronômicos: estabeleceu novos recordes para lançamentos de satélites e até colocou uma sonda em órbita ao redor de Marte. Agora descobriu um planeta. E tudo isso a preços incrivelmente baixos para os padrões.

Outro ponto importante de ressaltar é que essa descoberta pode ajudar os cientistas a entenderem como esses tipos de planetas se formam tão próximos a sua estrela hospedeira.

 

Fonte: msn

Published in Tecnologia Junho 15 2018

O uso de redes sociais como o Facebook para leitura de notícias começou a cair nos Estados Unidos, conforme muitos jovens recorrem a aplicativos de mensagens como o WhatsApp, do próprio Facebook, apontou o Reuters Institute.

O uso do Facebook, maior rede social do mundo, para notícias caiu 9 pontos percentuais em relação a 2017 nos Estados Unidos e 20 pontos para audiências mais jovens, mostrou uma pesquisa do Instituto Reuters com 74 mil pessoas em 37 mercados.

"O uso da mídia social para notícias começou a cair em vários mercados importantes após anos de crescimento contínuo", disse Nic Newman, pesquisador associado do Instituto de Estudos de Jornalismo da Reuters, no Digital News Report.

"Continuamos vendo aumento no uso de aplicativos de mensagens para notícias, à medida que os consumidores procuram espaços mais privados (e menos conflituosos) para se comunicar", disse Newman.

O levantamento revela a volatilidade de preferências dos consumidores, à medida que a indústria de notícias tenta lidar com o impacto da Internet e dos smartphones que transformaram tanto o modo como as pessoas consomem notícias quanto a forma como as empresas de mídia ganham dinheiro.

Facebook e Twitter ainda são usados ​​por muitos usuários para procurar notícias, mas a discussão ocorre em aplicativos de mensagens como o WhatsApp, geralmente porque as pessoas se sentem menos vulneráveis ​​ao discutir eventos em tais espaços.

"A mídia social é como usar uma máscara", disse uma entrevistada britânica não identificada do grupo etário de 30 a 45 anos. "Quando estou em meus grupos de mensagens com meus amigos, a máscara se solta e sinto que posso realmente ser eu mesma."

O WhatsApp, fundado em 2009 e comprado pelo Facebook em 2014 por 19 bilhões de dólares em dinheiro e ações, é mais popular que o Twitter em importância para notícias em muitos países, de acordo com o relatório.

Alguns entrevistados ainda encontraram notícias no Facebook, mas postaram itens em um grupo do WhatsApp para discussão com um conjunto mais próximo de amigos.

WhatsApp e Instagram, também do Facebook, decolaram na América Latina e na Ásia, enquanto o Snapchat avançou na Europa e nos Estados Unidos, observou a pesquisa sobre diferenças regionais de compartilhamento de notícias.

 

Fonte: R7

Published in Tecnologia Junho 15 2018

Instagram confirmou hoje (14) através do BuzzFeed que já finalizou um teste que vinha fazendo desde o início de 2018. A rede social começou a “dedurar” usuários que tiravam capturas de tela dos Stories de outras pessoas em fevereiro, mas isso só afetava algumas poucas contas na plataforma. Contudo, como ninguém sabia com certeza quem tinha e quem não tinha a novidade ativada, os stalkers entraram em depressão. “printar ou não printar”, essa era a questão. O risco de ser descoberto era real, mas agora ele terminou.

O teste que vinha sendo feito pelo Instagram foi finalizado, e ninguém mais será dedurado caso tire uma screenshot dos Stories alheios. A rede social não esclareceu a razão pela qual decidiu não tornar o recurso uma ferramenta padrão para todos os usuários.

instagram

Apesar de parecer preocupante, a situação não era tão grave. Quando o usuário tirava um print de um Stories, antes de ser dedurado, ele era avisado pelo app em seu smartphone que, na próxima infração, a pessoa que postou aquele conteúdo seria notificada. Ou seja, pelo menos ninguém seria denunciado sem saber o que fez de errado.

Não sabemos também há quanto tempo esse teste foi finalizado, tampouco se ele sequer foi aplicado no Brasil de alguma forma. Todos as capturas dos avisos do app que vimos na internet estavam em inglês. Em outras palavras, talvez os stalkers brasileiros nunca estiveram em perigo.

 

Fonte: TecMundo

Published in Tecnologia Junho 15 2018

Menos séria do que as falhas Spectre e Meltdown, a vulnerabilidade Lazy FPU é a mais nova ameaça em processadores da Intel. A maioria dos chips da linha Core estão suscetíveis a ataques por meio desta falha.

A fabricante emitiu um boletim de segurança a respeito. "Sistemas usando microprocessadores baseados no Intel Core podem potencialmente permitir que um processo local deduza dados utilizando o Lazy. O estado do FP é restaurado de outro processo através de um canal lateral de execução especulativa ", explica a Intel.

Isso significa que a falha fornece meios para um invasor obter informações confidenciais dos sistemas afetados, especificamente de aplicativos em execução, incluindo operações protegidas por criptografia. O bug abe a brecha por meio de uma técnica de otimização de desempenho chamada "FPU context switching", permitindo que um invasor acesse os registros e as informações dos processadores.

Para a Intel, a nova vulnerabilidade foi classificada como sendo "moderada", reiterando que ela já foi corrigida em vários casos. "Nossos parceiros do setor estão trabalhando em atualizações de software para resolver o problema dos ambientes impactados e esperamos que tais atualizações estejam disponíveis já nas próximas semanas", explicou a empresa.

Para corrigir a falha do momento, não é necessário uma atualização de microcódigo, como aconteceu com as falhas Spectre e Meltdown. Dessa vez, patches do sistema operacional podem resolver o problema mais fácil e rapidamente, sem prejudicar o desempenho dos componentes.

 

Fonte: msn

Página 1 de 109

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg